Danilo na pseudo cidade grande (na imaginação fértil dele)

março 23, 2009

Estava aqui assistindo a pérola acima (leia aqui uma bela critica feita pelo amigo Miguel Andrade). Entre a vagina falante e o pênis que nasce na cabeça de um pobre corno pensava em postar alguma coisa. Então decidi, por fim, parar de mimimimimimimimi~

vaginkjkmimimimi

Me mudei faz pouco tempo (mentira: já faz mais de duas semanas!) para Ponta Grossa, cidade paranaense da região… vocês já devem ter ouvido falar de Ponta Grossa. não, não vou fazer nenhuma piada com esse nome tão… tão… até porque o Rafinha Bastos já fez todas as piadas possíveis com esse nome tão bonito.

Então, me mudei por incompetência por não ter passado na federal ou em alguma em São Paulo porque eu acabei passando na UEPG.

O que acontece é o seguinte: estou morando sozinho. Não COMPLETAMENTE sozinho, claro. Mas estou naquele clima bonito de Esqueceram de Mim, que só experimentava quando me recusava a sair com os meus pais para um final de semana on beach. Sem nenhuma cobrança… mas sem mamãe para cozinhar =((

O pior é que estou com crise do garoto do interior. Ora, Ponta Grossa não é uma cidade tããããããão grande assim, mas para mim é como se estivesse em New York! A cidade tem só um shopping decente, e ele fica à uns 20 minutos – on foot – da minha casa. Mesmo assim, tendo decorado o trajeto no Google Maps, eu consigo me perder ao voltar para casa numa noite de quarta-feira. Mas esse é assunto para outro post (que já devia ter sido escrito, afinal isso aconteceu semana retrasada…).

Outra coisa que tem me enlouquecido é o meu fácil acesso à DVDs. Afinal, eu não posso ir ao shopping – ou mesmo ao mercado – sem esbarrar numa Lojas Americanas. Desesperado como só ele, o Danilo obriga-se a uma busca incessante por qualquer coisa…

…morar sozinho é uma merda!

Anúncios

Enquanto isso, na Campus Party

janeiro 21, 2009

vesgolina


Deus, o Universo e Todo o Resto

janeiro 17, 2009

Via Sedentário e Hiperativo

Mega papo de quase uma hora entre Carl Sagan, Arthur C. Clarke e Stephen Hawking sobre, como o nome já nos revela, Deus, o Universo e Todo o Resto. Em 6 partes.

Parte 2

Parte 3

Parte 4

Parte 5

Parte 6


Femmes de Paris vol 3

janeiro 16, 2009

folder64

01 – Palladium [The Hip] (Liz Brady)
02 – Les Yeux Doux (Olivia)
03 – Aucune Fille Au Monde [Power Of Love] (Pussy Cat)
04 – Fallait Pas Écraser La Queue Du Chat (Clothilde)
05 – Cafe Creme (Christine Pilzer)
06 – Une Question Qui Se Pose [Question I Cant Answer] (Evy)
07 – Cette Fille Nest Rien Pour Lui (Maryrene)
08 – Je Ne Suis Quune Rose (Cherie)
09 – Saperlipopette (Clothilde)
10 – La Porte À Côte (Christine Delaroche)
11 – Rien Ny Fait Rien Ny Fera (Catherine Ribeiro)
12 – La Journee Disabelle (Isabelle [De Funes])
13 – Tu Fais Partie Du Passe (Zouzou)
14 – Plus Tard [Call Me] (Katy David)
15 – Go Home (Jacqueline Perez)
16 – Je Suis La Tigresse [Im A Tiger] (Delphine Desyeux)
17 – Commando Spatial [Space Patrol] (Virginie Rodin)
18 – Ce Soir Je Men Vais (Jacqueline Taieb)
19 – La Ballade Du Bossu (Clothilde)
20 – Il Est Parti Comme Il Était Venu (Zouzou)

Download aqui.

4042907Je Suis La Tigresse!


Jeu Du Telephone

janeiro 15, 2009

Primeiramente, em memória à um dos melhores governos americanos ever, o governo do Tio Bush (não preciso explicar sobre sarcasmo e essas coisas, né?): aqui (Tributo com o Melhor do Bush no Comedy Central). Nunca um presidente americano rendeu tantas piadas (o caso Bill Clinton e Mônica Lewinsky não vale) e soltou tantas piadas como o nosso amiginho, e sentirei falta disso. Ok, não sentirei.

E que venha o Seu Obama!

Comerciais:

modess5

MOOOOOOODEESSSS É JOHNSON & JOHNSON:

PARA VOCÊ, MULHER DO SÉCULO XX, QUE PRECISA, ALÊM DO CONFORTO E DA PROTEÇÃO QUE SÓ MODESS DA JJ LEVA À VOCÊ, DE ALGO PRÁTICO: AFINAL DE CONTAS, VOCÊ, MULHER MODERNA, TRABALHA E PRECISA DISSO TUDO UNIDO A PRATICIDADE QUE SÓ […]

Ok, estou viajando legal D:


VA – 2002 – Femmes de Paris Vol 1

janeiro 14, 2009

Presentinho para a gente fofa que ainda visita esse blog. Não sabem de que se trata? Wikipédia, mesmo não sendo muito confiável, é amiga:

Yé-yé (IPA: /ˈyɛˈyɛ/) was a style of pop music that emerged out of France, Québec and Spain in the early 1960s. The term “yé-yé” derived from “yeah! yeah!” yell.

Femmes de Paris se trata, então, de uma colêtania feminina e francesa de Yé-yé feminino e francês (não me diga, Ò GRANDE ENCHEDOR DE LINGÜIÇA!).

folder59

01 – Marie Douceur Marie Colere (Marie Laforet)
02 – 7 Heures Du Matin (Jacqueline Taieb)
03 – Ces Bottes Sont Faites Pour Marcher (Eileen)
04 – Jai Des Problemes Decidement (Violaine)
05 – Tes Le Roi Des Menteurs (Tiny Yong)
06 – Les Papillons Noirs (Michele Arnaud)
07 – Nitty Gritty (Jocelyne)
08 – Partie De Dames (Liz Brady)
09 – Fille Ou Garçon (Stone)
10 – Je Suis Sublime (Elizabeth)
11 – Dracula (Christine Pilzer)
12 – Idealisation (Cosette)
13 – Ladorable Femme Des Neiges (Christie Laume)
14 – Jai Peur Parfois (Adele)
15 – Mes Reves De Satin (Patricia)
16 – Baby Love (Annie Philippe)
17 – La Fille De Paille (Brigitte Bardot)
18 – Les Framboises (Stone)
19 – Le Printemps Á Paris (Jacqueline Taieb)

Baixe aqui e seja feliz para sempre 😀

(Outro dia posto o resto da colêtania)


MEUS… OLHOS!

dezembro 10, 2008

Acabou de sair o primeiro – sim, primeiro – trailer oficial de – rufem os tambores – DRAGÃO BOLAS EVOLUÇÃO! Não, eles não refizeram todo o filme depois de tantos fanbo… digo, pessoas vomitarem ao ver o primeiro-não-oficial trailer, quando ainda era chamado de Fast and Fur… digo, só Dragonball.

Ok, eu sei que é só uma adaptação.

Admito que o trailer ficou melhorzinho – eu disse ZINHO – e que dessa vez estava mais preparado para MERDA FEDIDA DE BÚFALO e acabei não achando tão fedida assim.  Ok, me batam.

Acrescentando tudo o que eu disse no outro post, tirando as considerações otimistas e gays, e hoje é dia de CAPITU!

Vamos jogar os produtores desse filme num moedor de carne gigante comofas/